Skip to main content
Tag

Arquivos Companhias Aéreas - LVT Travel Business

MÉXICO VOLTA A EXIGIR VISTOS DE BRASILEIROS

By Ponte Aérea LVT No Comments

MÉXICO VOLTA A EXIGIR VISTOS DE BRASILEIROS A PARTIR DE DEZEMBRO

Se você vai viajar para o México nos próximos dias deve estar atento às mudanças em relação a solicitação de vistos, o País informou que a partir de 11 de dezembro será necessário apresentar vistos para entrada no País.

A medida anunciada ainda em novembro é uma estratégia para reduzir a entrada ilegal de brasileiros nos Estados Unidos bem como a tentativa de conter o tráfico ilícito de pessoas já que o México é porta de entrada para os EUA principalmente de forma ilegal.

A medida será “temporária”, conforme decisão da Secretaria de Relações Exteriores do México publicada no Diário Oficial da Federação no último (24.nov.) O Itamaraty ainda não informou se haverá reciprocidade de exigências, afinal a medida adotada pelo Pais Mexicano se dá pela pressão imposta pelos EUA em relação ao intenso fluxo de imigrantes ilegal que usam o México como porta de entrada.

VEJA O QUE MUDA A PARTIR DE AGORA

Quem está isento da obrigatoriedade do visto?

1. Os nacionais dos seguintes países, desde que munidos de passaporte com validade que cubra completamente a viagem:

Alemanha, Andorra, Argentina, Austrália, Áustria, Bahamas, Barbados, Bélgica, Belize, Bolivia, Brasil, Bulgária, Canadá, Chile, Chipre, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Emiratos Árabes Unidos, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos da América, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Ilhas Marshall, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Jamaica, Japão, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Macau (Região Administrativa), Malásia, Malta, Micronésia, Mônaco, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos (Holanda), Palau, Panamá, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido da Grã-Bretanha, República Tcheca, Romênia, San Marino, Singapura, Suécia, Suíça, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela. O prazo máximo que poderá ser autorizado para permanecer no país será de 180 dias. 

2. Os residentes legais permanentes nos Estados Unidos da América, Canadá, Espaço Schengen, Japão e Reino Unido. Deverão, porém, apresentar o documento que acredite sua residência num desses países, bem como passaporte com validade que cubra completamente a viagem. O prazo máximo que poderá ser autorizado para permanecer no país será de 180 dias.

3. Os portadores de visto válido/vigente dos Estados Unidos da América, Canadá, Espaço Schengen, Japão e Reino Unido.

Todos os estrangeiros que possuam um visto com validade desses países, poderão viajar ao México com dispensa do visto mexicano, apresentando o visto vigente de um desses países, bem como passaporte com validade que cubra completamente a viagem. Portanto, não é necessário apresentar-se ao Consulado para requerer eventual autorização “extra“. O prazo máximo que poderá ser autorizado para permanecer no país será de 180 dias.

4. Os portadores de passaportes brasileiros diplomáticos, oficiais e de serviço vigentes não precisam de visto para viajar ao México por até noventa dias.

Acordo de Supressão de Vistos em Passaportes Diplomáticos, Oficiais e de Serviço, celebrado entre os Governos do México e do Brasil, vigente a partir do dia 05 de Agosto de 1992.

5. Os passageiros em cruzeiro que visitam portos mexicanos, não precisam de visto para desembarque no país.

QUEM DESEJA VISITAR O PAÍS

Aos turistas e viajantes a negócios é necessário emitir um visto eletrônico provisório que é obtida de forma rápida e gratuita através do LINK: Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.inm.gob.mx/sae/publico/pt/solicitud.html

SE VOCÊ CHEGOU AO PAÍS POR VIA TERRESTRE 

Se você chegou até o México por via terrestre ou marítima deve solicitar um visto físico junto as autoridades do consulado Mexicano.

FUTURO DAS VIAGENS CORPORATIVAS

By Viagens Corporativas No Comments

Tecnologia, compliance e direcionamentos de esforços

A instabilidade gerada no turismo pela pandemia do novo coronavírus já começa a bater na retirada, mesmo que de forma discreta, conseguimos sentir a retomada do setor de maneira otimista. Diante das positivas notícias observamos ainda alguns direcionamentos que nortearão essa retomada e o desempenho das agências de turismo corporativo. 

Contudo, o que podemos retirar desse longo período de isolamentos, incertezas e recessões? Alguns setores como tecnologia, ganha espaço permitindo otimização de serviços que antes eram maçantes e agora são simples e intuitivos tornando os processos mais transparentes, veja quais áreas ganham mais visibilidade e tendem a impulsionar o reaquecimento do setor corporativo do turismo.

TECNOLOGIA 

O 5G também ganhou espaço nos países onde já foi implementado, aproximando o corporativo de seus colaboradores.

Uma poderosa aliada que otimiza tempo com sistemas capazes de transformar longos processos em sistemas simples. Os relatos de despesas que antes eram imensas e intermináveis se tornaram mais simples através das plataformas e aplicativos. 

O fluxo crescente da retomada de viagens dá autonomia ao passageiro de resolver questões simples através de um toque, além de maior transparência nos processos.

COMPLIANCE 

O compliance permite que a empresa se estabeleça no mercado de uma maneira muito mais segura, o que garante o ganho de valor frente aos stakeholders, esse conjunto de orientações  serve de norte dentro das regras e política da instituição. 

Em uma linguagem clara e objetiva, Compliance nada mais são que as orientações internas da empresa e como ela se posiciona dentro de uma gestão de crises, por exemplo, além de dar vantagem competitiva à instituição. 

O grande diferencial de um estabelecimento é preparar equipes aptas a desempenharem essa função dentro das orientações da visão da empresa.

DIRECIONAMENTO DE ESFORÇOS

O diferencial será aproveitar o momento de crise e analisar quais os novos caminhos a se tomar, quais as previsões de cenário e como gerar novas oportunidades diante de uma instabilidade econômica?

Preparar novos fluxos de trabalho, otimizar tempo e esforços e criar um cenário dentro de mudanças como novas experiências ao usuário. 

Um ponto que observamos durante a pandemia é que o usuário quer ter a experiência de compra e atendimento independentemente de hora e lugar, os aplicativos por exemplo refletem essa forma de consumo.

O futuro promete e a cada passo que damos trás uma nova complexidade a ser enfrentada.
Mas vamos juntos quebrar cada barreira que surgir.

Qual o aprendizado mais importante que guardou com você?

Latam opera apenas 3 voos internacionais no Brasil: SCL, MIA e JFK

By Coronavírus

O Grupo LATAM Airlines e suas subsidiárias anunciaram, que, devido a restrições de viagens determinadas pelas autoridades e menor demanda após a pandemia do novo coronavírus, suspenderá temporariamente rotas internacionais adicionais até 30 de abril.

Todos os passageiros com voos cancelados não precisam tomar nenhuma ação imediata, de acordo com a companhia. O valor do bilhete será automaticamente mantido como crédito para futuras viagens, ou o passageiro poderá reagendar a data do seu voo, sem nenhum custo, até 31 de dezembro deste ano.

As rotas internacionais que o Grupo LATAM continuará a operar, com frequências limitadas, serão:
• Santiago e São Paulo.
• São Paulo para Miami e Nova York
• Santiago para Miami e Los Angeles

Segundo a empresa, a continuidade dessas rotas, ou a reabertura de outras rotas internacionais, dependerá de alterações nas restrições de viagem e fechamento de fronteiras impostas pelos diferentes países onde a empresa opera e das condições de demanda e serão informadas oportunamente.

fonte: Panrotas

Atualização nas dimensões da bagagem de mão | Gol

By Ponte Aérea LVT No Comments

Fique ligado! Atualização nas dimensões da bagagem de mão!

 

As politicas de bagagem da Gol estão mudando, as bagagens de mão poderão
ter 35 cm de largura, 25 de profundidade e 55 de altura.

Segundo a ABEAR ( Associação Brasileira das Empresas Aéreas), essas dimensões seguem
os padrões internacionais da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo).

Todo passageiro tem direito a uma bagagem de mão de até 10kg e um item pessoal
como uma bolsa, um notebook, um tablet ou uma sacola com produtos comprados em Free Shop.

Mas fique atento, a bolsa adicional também tem limite.
Sua dimensão máxima deve ser de 45 cm de largura, 20 cm de profundidade e 35 de altura.

Os objetivos pessoais devem ser guardados embaixo do assento do passageiro.

“À partir de maio, As malas foras do padrão precisarão ser despachadas nos check-ins das companhias aéreas,
estando sujeitos a cobranças de acordo com o tipo de franquia contratada para a viagem”, afirmou a associação ABEAR.

Veja quando começa a fiscalização em cada aeroporto:

10 de abril:

  • Juscelino Kubitschek (Brasília/DF)
  • Afonso Pena (São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba/PR)
  • Viracopos (Campinas/SP)
  • Aluízio Alves (São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal/RN)

17 de abril:

  • Confins – Tancredo Neves (região metropolitana de Belo Horizonte/MG)
  • Pinto Martins (Fortaleza/CE)
  • Guararapes – Gilberto Freyre (Recife/PE)
  • Luís Eduardo Magalhães (Salvador/BA)
  • Val-de-Cans – Júlio Cezar Ribeiro (Belém/PA)

24 de abril:

  • Santa Genoveva (Goiânia/GO)
  • Salgado Filho (Porto Alegre/RS)
  • Congonhas (São Paulo/SP)
  • Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos/SP)
  • Galeão – Tom Jobim (Rio de Janeiro/RJ)
  • Santos Dumont (Rio de Janeiro/RJ)